Artigos

Conheça os tipos de TPM

Pinterest LinkedIn Tumblr

A TPM afeta quase todas nós: estudos mostram que 95% das mulheres em idade fértil¹ tem que lidar com esse período. E para isso é muito importante que você identifique o seu tipo de TPM.

E não são poucas as alterações que ocorrem no nosso corpo: cólica, ansiedade, irritabilidade, tensão, crises de choro, apetite aumentado e dor de cabeça, entre outros, são os principais sintomas¹.

Qual o tipo mais frequente da sua TPM?

Não se pode estabelecer um padrão totalmente definido sobre a TPM. Nem sempre temos os mesmos sintomas, que também podem variar de intensidade a cada ciclo menstrual¹.

Mas, separando esses sintomas em três categorias, dá para descobrir o que mais lhe afeta na TPM. Os perfis de TPM ou grupos de sintomas são: alterações físicas e emocionais; alterações físicas, emocionais e hormonais; e alteração somente hormonal¹.

Alterações hormonais, físicas e emocionais leves:

Nesse grupo se enquadram aquelas mulheres que, por causa da TPM, sentem muito incômodo físico e também alterações no humor – ainda assim, as mulheres desse grupo não possuem uma rotina afetada significativamente.

Os sintomas físicos mais comuns são mamas inchadas e doloridas, cólicas e dor de cabeça; e as alterações emocionais são impaciência, irritabilidade e vontade de chorar¹.

Alterações físicas, hormonais e emocionais acentuadas:

Nesse grupo estão aquelas mulheres que mais sofrem com a TPM. Além dos sintomas físicos e emocionais já citados, as moças desse tipo também sofrem com fortes alterações hormonais (nos outros tipos, essas alterações são mais brandas), que afetam o seu dia a dia, podendo causar agitação, ansiedade, depressão, entre outros fatores que atrapalham atividades cotidianas e relações sociais¹.

Alterações físicas, hormonais e emocionais drásticas:

Aqui se encaixam as mulheres que passam principalmente por mudanças hormonais rápidas e drásticas, causando flutuação de humor, introversão, insônia e até mesmo privação do sono¹. Tamanhas alterações podem afetar drasticamente a rotina e as atividades.

Para combater os sintomas da TPM

Mudando um pouco a nossa rotina, com a prática de exercícios físicos e atividades relaxantes, e tendo uma alimentação mais saudável, é possível aliviar bastante vários desses sintomas. Quer mais dicas? Então leia nosso conteúdo sobre os Sintomas da TPM!


Referência:

  1. Muramatsu CH, Vieira OCS, Simões CC, Katayama DA, Nakagawa FH. Consequências da síndrome de tensão pré-menstrual na vida da mulher. Rev Esc Enferm. 2001;35(3):205-13.

Estudante de medicina e futura ginecologista. Sou apaixonada por assuntos relacionados a saúde da mulher e quero compartilhar com vocês tudo que estou aprendendo e estudando.

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.