Artigos

Candidíase Vaginal: Causas, sintomas e cuidados

Pinterest LinkedIn Tumblr

O que é candidíase?

A candidíase vaginal é uma infecção provocada por fungos, sendo a Cândida albicans a espécie mais comum. Esses fungos se proliferam em locais quentes e úmidos, como a vagina. Por isso, a candidíase é caracterizada como uma doença da mulher.

Principais sintomas da candidíase:

  • Coceira
  • Dor e vermelhidão
  • Ardência ao urinar
  • Corrimento com aparência de leite talhado¹

Qual a causa da candidíase?

A candidíase é ocasionada por fungos já existentes na flora vaginal e que, por algum motivo, se proliferaram demais. Alguns fatores que podem estimular essa proliferação exagerada são:

  • Gravidez
  • Diabetes
  • Uso de antibiótico
  • Uso de contraceptivo hormonal
  • Higiene íntima precária
  • Deficiências imunológicas¹

É muito comum que a candidíase se manifeste naqueles momentos de maior tensão como, por exemplo, em uma semana de provas. O estresse, bem como a má alimentação, contribuem para a diminuição das defesas imunológicas, e, consequentemente, para o aparecimento da cândida. O tempo quente e úmido também favorece a infecção, já que essas são as condições ideais para a proliferação dos fungos².

A candidíase é sexualmente transmissível?

Mesmo não sendo considerada uma DST, a candidíase pode, sim, ser transmitida pelo contato sexual. Portanto, homens também podem ter candidíase, desde que a parceira tenha lhe transmitido a infecção³. Depois de ter contraído a candidíase, o homem também se torna um transmissor. Por isso, quando a mulher inicia o tratamento, o seu parceiro deve iniciar também.

Cuidados para evitar a candidíase

É impossível ter total controle sob o que acontece na flora vaginal. Entretanto, alguns cuidados básicos podem evitar o aparecimento da cândida:

  • Não use roupas muito apertadas
  • Prefira calcinhas de algodão
  • Troque o absorvente ou protetor íntimo regularmente
  • Não fique com o biquíni molhado
  • Evite duchas vaginais
  • Tenha uma alimentação equilibrada
  • Use camisinha

Referências:

  1. Rumel D, Rosa MI. Fatores Associados à Candidíase Vulvovaginal: Estudo Exploratório. RGBO. 2004; 26(1):65-70.
  2. Laranjeira C. Aumento dos casos de candidíase preocupa mulheres no verão. Site SOGIMIG. Disponível em: http://sogimig.org.br/site/aumento-dos-casos-de-candidiase-preocupa-mulheres-no-verao/
  3. Souza CMRO. Infecção vaginal: determinantes, microbiota, inflamação e sintomas. Estudo descritivo com autocoleta diária ao longo do ciclo menstrual. [dissertação] [internet]. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo. Disponível em: http://www.bdtd.ufes.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1041

Estudante de medicina e futura ginecologista. Sou apaixonada por assuntos relacionados a saúde da mulher e quero compartilhar com vocês tudo que estou aprendendo e estudando.

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.