Artigos

Absorvente Diário

Usar absorvente diário oferece ou não riscos à saúde das mulheres? Vamos descobrir juntas!
Pinterest LinkedIn Tumblr

A utilização do absorvente diário, também conhecido como protetor diário, ainda é um assunto que gera muitos questionamentos. Isso porque são tantos os mitos que circulam pela internet que as dúvidas nos consultórios ginecológicos, se tornam cada vez mais frequentes.

Usar absorvente diário oferece ou não riscos à saúde das mulheres? Vamos descobrir juntas!

Em que casos se faz o uso do absorvente diário?

A região íntima da mulher é uma área que demanda muita cautela e atenção. Além de possuir alguns cuidados específicos, ainda conta com as mudanças hormonais que ocorrem todos os meses, a conhecida menstruação.

No entanto, além de menstruar periodicamente, a maioria das mulheres também possuem corrimento vaginal, o que muitas vezes atrapalha o dia-a-dia, fazendo com ela se sinta úmida.

O corrimento vaginal é o principal fator que faz com que as mulheres invistam no uso de absorventes diários, ou melhor dizendo, os protetores que auxiliam no controle de tais secreções.

Em grande parte dos casos, essas secreções são comuns e naturais quando transparentes ou levemente esbranquiçadas, e são responsáveis pela limpeza e equilíbrio do órgão genital. Porém quando levam cores e cheiros diferentes ou apresentam um aspecto de “coagulado”, pode ser um indício de infecção¹.

Nestes casos, a consulta com o ginecologista é imprescindível para descartar qualquer tipo de problema ou tratá-lo se for identificado.

Ainda que não haja nenhuma condição associada ao corrimento natural, a maioria das mulheres faz o uso do absorvente diário para se sentirem mais limpas e seguras, entretanto, esse pode ser um erro muito comum, levando a riscos para a saúde íntima.¹

Quais são os riscos de usar absorvente diário?

Fazer o uso do absorvente diário pode ser um mau negócio por muitas razões, mas a principal delas é o abafamento da região íntima.

A maioria dos absorventes comercializados possuem camadas plásticas impossibilitando a vagina de “respirar”, e por esse motivo, há um aumento considerável de infecções, como candidíase, por exemplo.

Apesar de já existirem protetores diários respiráveis, que evitam o abafamento na região, o melhor é evitar usá-los diariamente.

Além do risco já mencionado, o uso de absorvente diário retém a umidade natural do órgão, facilitando o crescimento de microorganismos e também colabora para o aparecimento de maus cheiros ao fim do dia.

O que dizem os ginecologistas?

Segundo pesquisa realizada na Universidade Estadual de Campinas¹, a maior parte dos profissionais de saúde da mulher, afirmam que o uso de absorventes diários não são recomendados pelas alterações de pH e umidade do local, porém, a necessidade de higienização ainda provoca diversos debates.

Embora os ginecologistas não indiquem o uso diário de absorventes e protetores, as mulheres continuam buscando por essa alternativa para se sentirem mais confortáveis diante de situações como os suores e odores.

Ainda referenciando a pesquisa feita em Campinas, foi constatado que grande parte das mulheres sentem muito incômodo devido às secreções diárias provocadas pela vagina. E por falta de tempo e local ideal para uma higienização completa, visto que a maioria trabalha fora, a melhor opção para se sentir limpa e segura ainda é o absorvente diário.

Cuidados com o uso de absorvente diário

Ainda que não seja possível evitar o uso de absorvente interno, é fundamental que se tenha alguns cuidados na hora de sua utilização. Algumas recomendações são¹:

  • Fazer a troca do protetor diário com pelo menos 4 horas de uso;
  • Escolher o tamanho ideal que proporcione um maior conforto;
  • Não reutilizar absorventes, mesmo que pareçam limpos;
  • Definir o modelo que melhor se ajuste ao seu corpo e peça intima.

É importante ressaltar que para um uso diário, a preferência será sempre pelo protetor (ele é mais fino e menor do que o absorvente comum). No entanto, caso não tenha opção, eventualmente pode se fazer o uso de outros modelos.

Alternativa ao uso de absorvente diário

Uma outra opção pouco conhecida é o chamado protetor de calcinha reutilizável².

Ele possui a mesma utilidade dos absorventes diários, porém não são descartáveis.

A maior vantagem é que ele é feito de pano e por esse motivo o tecido é respirável. É geralmente produzido com algodão, e totalmente livre de químicas, o que não provoca o aumento das secreções vaginais.

Dica: conheça a calcinha reutilizável, ela é feita de tecidos especiais antibacterianos, é extremamente confortável e você ainda colabora para um mundo mais sustentável.

Ele é uma alternativa ao uso de absorvente diário descartável, com a opção de se reutilizar após a lavagem, porém também não se deve fazer o uso por mais de 6 horas ininterruptas.

Tendo em conta as considerações apresentadas, vale reafirmar que a saúde feminina do corpo é de extrema importância e não devemos descuidar. Além do acompanhamento com o médico ginecologista, é essencial que se cuide do órgão genital diariamente.

O mercado possui infinitas opções para o cuidado com a higiene íntima, porém, mais do que conhecer essas possibilidades, é fundamental que se tenha zelo pelo corpo, tomando cuidado para não provocar doenças.


Referências

  1. Amaral, Rose Luce. “Grau de Satisfação de Mulheres que Usaram absorvente higiênico “respirável” externo por 75 dias consecutivos”. Jornal Brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis 23, n.º 1 (2011): 23–27. [Internet]. [Disponível em: http://www.dst.uff.br/revista23-1-2-2011/6%20-%20Grau%20de%20Satisfacao%20de%20Mulheres%20que%20Usaram%20Absorvente%20Higienico.pdf]
  2. SANTOS, Angélica dos Menstruação: um olhar sob à mulher. / Angélica dos Santos. – Americana, 2018. [Internet]. [Disponível em: http://ric.cps.sp.gov.br/bitstream/123456789/2939/1/20181S_SANTOSAngelicados_OD0413.pdf]

Formada em Letras, pedagogia e artes visuais. Escreve desde a adolescência e acredita que palavras modificam as pessoas e mudam o mundo.

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.